Glaura Santos apresenta, neste belo e ardente segundo livro, uma poesia visceral, cotidiana e confessional, traços já marcantes no estilo da autora, que aqui reflete e reverencia a força do feminino. Uma poética que expõe a vulnerabilidade, o amor, os instintos e a potência do que passa necessariamente pelos corpos femininos.

Acesa